Governo altera norma que encareceria o vinho importado

Após pressão externa de representantes do setor, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) alterou, no dia 2, a instrução normativa que estabelece parâmetros de análise laboratorial para vinhos importados, retirando a exigência de laudos feitos por laboratórios estrangeiros, o que encareceria o produto.

Caso não houvesse mudança, o custo para o importador poderia quintuplicar, de acordo com Adilson Carvalhal Junior, presidente da ABBA (Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas). Os parâmetros voltam a seguir ao determinado em janeiro do ano passado, sem mudanças aos produtos importados.

Fechar Menu